terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Conheça 15 pizzas estranhas ao redor do mundo


Rosas, carne de canguru, rolinho primavera e coração de frango são alguns dos ingredientes encontrados em pizzas exóticas

Macarrão, purê de batata, sushi, carne de canguru... Com uma boa dose de criatividade e ousadia, qualquer alimento pode se transformar em sabor de pizza. E foi exatamente esse o diferencial escolhido por diversas pizzarias ao redor do mundo. Ao criar sabores exóticos - e muitas vezes estranhos - elas chamam a atenção do público e conquistam clientes. Confira algumas pizzas diferentes vendidas em diferentes localidades:

Pizza de hot dog

Melhor do que pizza e hot dog só os dois juntos. O sabor que contém mozzarella, salsicha, purê e batata palha, pode ser encontrado em alguns locais dentro do Brasil.

Pizza de coração de frango

Apesar de diferente, este sabor já ganhou espaço no cardápio de algumas pizzarias como em Toledo (PR), Blumenau (RS) e em São Paulo. Geralmente o coração de frango vem coberto com mussarela, podendo conter outros ingredientes.

Pizza de estrogonofe

Mozzarella, estrogonofe de carne e batata palha. Esses são os ingredientes de um dos destaques da pizzaria em Curitiba, que ainda contém outros sabores exóticos como a Nachos Calientes, com molho bolonhesa, cheddar, pimenta calabresa e doritos.

Pizza de sushi

Em mais uma intersecção entre culinárias diferentes surge a pizza  que leva mozzarella, tomate, sushi, molho shoyo e orégano. Além de também oferecer pizza de estrogonofe, tanto de carne quanto frango, o estabelecimento ainda tem mais sabores exóticos como picanha de ovelha, picanha ao molho madeira, siri e maminha ao molho de nata.

Pizza de rosas

É no cardápio de pizzas doces que a pizzaria presente em Curitiba e Brasília, surpreende. A pizzaria oferece um sabor feito com pétalas de rosas importadas, e é servida com farofa crocante e sorvete. Além de exótico, o sabor também tem um toque romântico.

Pizza de rolinho primavera

A pizza Crab Rangoon da Fong’s Pizza, nos Estados Unidos, contém rolinhos primavera recheados com queijo cremoso, cebolinha e outros temperos e molho agridoce. A casa tem vários sabores que possuem um toque da culinária oriental.

Pizza de caviar

A Luxury Pizza, criada por Nino Selimaj, nos Estados Unidos, leva os quatro tipos mais caros de caviar. Além disso, a pizza ainda leva a cauda de uma lagosta, ovas de truta e wasabi. Cada pedaço custa em torno de US$ 1 mil, sendo um dos pratos mais caros do mundo.

Pizza de canguru

É difícil desassociar a imagem da Austrália com a do canguru. Mas, além de estampar cartões postais do país, o animal também é ingrediente. Em seu restaurante o Sydney’s Australian Heritage Hotel serve uma pizza de carne de canguru com mozzarella e pimentões.

Pizza de crocodilo

O mesmo local possui outro sabor que merece destaque especial. A Salt Water Crocodile é feita com carne de crocodilo em fatias, ervas tailandesas e creme picante de coco. A pizza meio a meio com os sabores de canguru e crocodilo é a mais pedida da casa.

Pizza de macarrão

O famoso macaroni & cheese, prato que leva macarrão e queijo, famoso nos Estados Unidos, também virou pizza. A empresa Tony’s Pizza criou o sabor de pizza congelada, que pode ser encontrada nos supermercados americanos. A pizza é quadrada seguindo o formato da caixa.

Pizza de rosbife

Uma das novidades reúne mozzarella, rosbife, cebola gratinada com shoyu e cream cheese. E essa não é o único sabor que se destaca no cardápio, que contém outras pizzas diferentes como a Seis Carnes, com mozzarella, peperoni, calabresa, hambúrguer, presunto, frango e bacon.

Pizza de purê

O purê de batata já é usado como ingrediente de sabores de pizza, mas no restaurante Bar, nos Estados Unidos, ele virou personagem principal. Lá também é possível montar sua própria pizza selecionando os ingredientes de preferidos da lista disponível na casa.

Fonte: 
http://culinaria.terra.com.br/

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Conheça o TOP 5 países que mais consomem pizza no mundo


Pizza: além de ser um dos pratos mais pedidos em todo o mundo, é raro encontrar uma pessoa que não goste do delicioso sabor. Aposto que sempre que se fala em pizza logo vem à mente a Itália, não é mesmo? Engana-se quem acredita que essa famosa massa surgiu lá.

A pizza foi criada pelos egípcios e hebreus há mais de seis mil anos. O prato era apenas uma fina camada de massa conhecida como pão de Abrahão que se parecia com nosso atual pão sírio e era chamada de “piscea”, daí o nome pizza. Milhares de anos depois os italianos incrementaram a pizza com o tomate, e era consumida dobrada ao meio como se fosse um sanduíche. E é por isso que quem levou a fama de inventor da pizza foram os donos do Coliseu.

Confira o Top 5 dos países que mais pedem pizza no mundo:

1. ESTADOS UNIDOS

O país norte-americano lidera o ranking mundial em pedidos de pizza. Ela chegou com força nos anos 20 por Genaro Lombardi e não saiu mais. Não é muito difícil de entender: os Estados Unidos é onde mais se consome fast-food no mundo inteiro e 95% da população consome pizza. Primeiro, pela correria do dia a dia, segundo, porque já é de costume e faz parte da personalidade do país.

As pizzas costumam ser bem recheadas e com muito tempero. O sabor predileto dos estadunidenses é pepperoni: salame seco bem apimentado e com muito queijo.

2. CANADÁ

O gosto peculiar dos canadenses é muito parecido com dos norte-americanos. Com bastante tempero e um recheio para lá de exagerado, é assim que eles costumam se deliciar com a famosa pizza. Os recheios e temperos mais pedidos são creme de tomate, mussarela, lombo e azeitona verde.

Assim como no mundo inteiro, a pizza de quatro queijos também é uma das pizzas mais consumidas no Canadá.

3. AUSTRÁLIA

Os australianos costumam comer pizza de um jeito bem diferente dos brasileiros. São em geral, coberturas bem exóticas como abacaxi, carne, galinha, curry, batata, pimenta e macarrão. Sim, macarrão mesmo! Diferentemente da quantidade de recheio, não costumam comer pizza com muito orégano e sal. A pizza corresponde a 4,7% do total dos alimentos mais consumidos no país oceânico.

Abacaxi com frango desfiado é uma das pizzas mais comuns por lá.

4. NOVA ZELÂNDIA

Nós preferimos a massa da pizza mais fina, mas os neozelandeses, não. A pizza na Nova Zelândia costuma ser grossa e com bastante recheio. O gosto entre os dois maiores países da Oceania é bem parecido. Misturam nos alimentos frutas típicas do país, como Kiwi e Kumara, um tubérculo muito parecido com a batata doce. Portanto não se assuste se você for para lá e experimentar uma pizza com sabores doces e salgados bem misturados, além de bastante pimenta.

5. INGLATERRA

Até no país dos reis a pizza está entre os pratos mais consumidos dentre os ingleses com 6,0% dos alimentos totais, ficando com a quinta posição mundial. Também é lá que surgiu a famosa pizza com borda de cachorro-quente, a preferida dos ingleses.

E por incrível que pareça, o Brasil ainda está longe do maior consumo mundial de pizza. Mas por aqui os estados onde mais se pedem pizza são Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Distrito Federal e Santa Catarina.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Quem inventou a pizza, um dos pratos mais consumidos no mundo?


Quem inventou a pizza, afinal? “La pizza napoletana non ha inventori, non ha padri, non ha padroni, ma è frutto della genialitá del popolo napoletano.” (A pizza napolitana não tem inventores, não tem pais, não tem donos; é fruto da genialidade do povo napolitano) – Associazione Verace Pizza Napoletana.
Apesar de os napolitanos considerarem que a pizza é fruto da genialidade de seu povo, a história desse prato, tão famoso que já virou uma instituição, é um tanto controvertida. Há teorias sobre um ancestral da pizza, trazido da Palestina pelos soldados romanos, que teriam aprendido a receita com os hebreus. Outros apontam a Grécia como berço das pizzas primitivas, enquanto há quem atribua essa honra aos antigos egípcios. Aliás, durante a antigüidade greco-romana, um prato parecido com a pizza atual já era apreciado em toda a região mediterrânea. Faltava, é claro, o tomate, que só chegou à Europa após a descoberta da América.
Na verdade, em todo o Oriente, do Mediterrâneo até a Índia, ainda hoje, comem-se diversos tipos de pães redondos e achatados, feitos de farinha de trigo, como por exemplo o pão árabe, bem conhecido no Brasil. Ora, a pizza é uma espécie de pão. Não é difícil imaginar que, um belo dia, alguém mais inspirado tenha resolvido jogar um pouco de queijo, azeite de oliva e mais alguma coisinha em cima daquela massa antes de levá-la ao forno.

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Bolo-Pizza o novo doce da moda



Mas é um bolo ou uma pizza? Um pouco dos dois!
O doce, inspirado nas redondas salgadas, está bombando. Coberto com brigadeiro, confetes de chocolate, frutas frescas e bombons, ele enche os olhos de qualquer um. Não é à toa, está enchendo também o bolso de pequenos empreendedores que têm investido na novidade.
O molho do bolo-pizza é o ganache preto ou branco, feito da mistura de creme de leite com chocolate meio amargo ou branco. Um sabor fantástico!
Corte-as somente antes da entrega, assim elas chegam fresquinhas para o consumidor. Entregue o bolo dentro de uma caixa de pizza de verdade e forre-a com papel de seda.

Uma novidade que fará muito sucesso, principalmente para pequenas festas e reuniões. 

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Pizza light? Dicas para comer pizza sem sair da dieta


Com os amigos, com a família ou só em casa, não tem ocasião que não combine com uma boa pizza! Mas e para quem está de dieta, como resistir àquele delicioso disco de massa cheio de queijos, presunto, embutidos em geral, carnes e tantos outros ingredientes de que você não pode sentir nem o cheiro se quiser manter o regime?

Fácil: é só saber como escolher o sabor da sua pizza para transformá-la em uma verdadeira pizza light, à prova de nutricionista e com muito menos calorias! Confira as nossas dicas e peça sua pizza sem culpa:

Aposte nas carnes magras
Convenhamos: se “pizza” e “dieta” não são palavras que parecem andar muito bem juntas, “pepperoni” ou “lombinho” não vão contribuir muito para deixá-la light, não é? Sendo assim, a primeira dica para transformar uma pizza em uma refeição que passa no teste da sua dieta é fugir desses ingredientes mais pesados. No lugar deles, prefira carnes magras, como o frango desfiado, o atum, o aliche e o peito de peru. Você vai perder em calorias sem prejudicar o sabor!

Troque a massa branca pela integral

Todo mundo que faz ou já fez alguma dieta sabe que os grãos integrais são muito melhores para a nossa saúde que os refinados, e na massa da sua pizza a coisa não é diferente! Embora as duas tenham mais ou menos a mesma quantidade de calorias, a massa feita com farinha 100% integral tem muito mais nutrientes e principalmente, fibras alimentares que contribuem para o controle do colesterol, favorecem o emagrecimento, aumentam a sensação de saciedade e ainda previnem um monte de doenças.

Entre na tendência vegana

Então que tal experimentar uma pizza de marguerita, abobrinha e até calabresa vegana? Até o queijo dessas delícias é feito com ingredientes vegetais — como a mandioquinha, o feijão branco e a fécula de mandioca — o que reduz consideravelmente a quantidade de gorduras presentes neles.

Fuja do excesso de queijo

Ok, se a pizza vegana já foi radicalizar demais para você, não tem problema: você pode continuar tranquilo com os queijos de origem animal, desde que não exagere. Isso quer dizer que se a pizza já tem muçarela na receita, evite sabores como quatro queijos e que levam catupiry ou cheddar, pois cada acréscimo de queijo significa um pulo na quantidade de gorduras. Nessa hora, bom senso é tudo: um pouquinho de parmesão ralado sobre a pizza de abobrinha ou rúcula não vai fazer diferença, mas nada de extrapolar pedir borda recheada, viu?

Confie no verde

Sua dieta está cheia de saladas em todas as refeições? Não é à toa: além de serem super nutritivos e saudáveis, os vegetais e legumes têm pouquíssimas gorduras e conseguem nos deixar satisfeitos mesmo com baixo teor calórico. Quando escolher a sua pizza light, experimente os sabores em que o verde é a estrela: rúcula, escarola, brócolis e alho-poró são algumas opções leves e saborosas!

Viu como é fácil escolher uma pizza light para curtir sem um pingo de gordura nem culpa? Bom apetite!

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Conheça algumas curiosidades da nossa querida Pizza!














1. Dia da Pizza: 

A data é comemorada no dia 10 de julho desde 1889, quando o rei Umberto I e a rainha Margherita provaram uma pizza pela primeira vez. A receita realizada por Rafaelle Esposito, em Napóles, na Itália, no século XIX, foi recheada com ingredientes que remetiam às cores da bandeira italiana: mussarela (branco), tomate (vermelho) e manjericão (verde), dando origem à pizza Margherita.   


2. Made in Italy: 

Considerada um símbolo nacional, engana-se quem acha que a pizza italiana é feita apenas com ingredientes produzidos no país. Da mussarela da Lituânia ao molho concentrado chinês, do azeite de oliva da Tunísia ao trigo canadense, quase duas em cada três pizzas servidas na Itália usam uma mistura de produtos importados.    


3. Recorde: 

Em maio de 2016, mais de 250 pizzaiolos se reuniram na orla de Napóles, na Itália, para tentar bater o recorde mundial de maior pizza do mundo. Durante 6 horas e 11 minutos, com 2 mil kg de farinha, 1600 kg de tomate, 2 mil kg de mussarela, 200 litros de óleo e 30 kg de manjericão, os napolitanos criaram a pizza mais longa.    


4. Pizzaiolos: 

Essenciais na produção da pizza, os pizzaiolos, há anos, mantêm a tradição gastronômica do alimento, porém ainda sofrem com a falta de leis trabalhistas que garantem os direitos e deveres da categoria. Em junho de 2016, 22 senadores apresentaram projeto de lei que prevê a criação de registro profissional para os responsáveis pela arte da pizza italiana


5. Principais Pizzarias do Brasil:

Segundo o site de viagens TripAdvisor, com base nas qualificações dos usuários, os melhores locais para saborear uma deliciosa pizza a "la brasileira" são: Casa da Pizza(São Paulo), Pizzaria Veridiana (São Paulo), Bráz Pizzaria (São Paulo), Quintal do Bráz (São Paulo), Margherita Pizzeria (São Paulo), Speranza (São Paulo), Mercearia Bresser (Curitiba) e Fornellone (Porto Alegre). 


6. Consumo:

A pizza é um dos principais alimentos mais ingeridos no mundo. De acordo com a Associação Pizzarias Unidas do Estado de São Paulo (APUESP), diariamente são consumidas mais de 1 milhão de pizzas no Brasil, sendo 572 mil apenas em São Paulo, o que faz a segunda cidade que mais consome o alimento no mundo ficando atrás apenas de Nova York. Na Itália, são cerca de 1,8 bilhão de pizzas devoradas por ano.


7. Patrimônio da Unesco:

Com o objetivo de promover a arte da pizza napolitana, já que a pizza representa a Itália no mundo, o país lançou a candidatura do alimento para se tornar Patrimônio Mundial da Humanidade da Unesco. A negociação que envolve 200 países será finalizada apenas em 2017.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Compartilhe com os amigos: Frases sobre pizza.

Pizza combina com qualquer momento. Por isso separamos algumas frases para você compartilhar com os amigos nos mais diversos momentos ;)



"#DicaDeRelacionamento
O que mais importa em um relacionamento é se vocês gostam do mesmo sabor de pizza."

"#Cantada
Seu pai é pizzaiolo? Não? Porque você foi feita à minha moda!"

"#PensamentoDoDia
Se tudo acabar em pizza, que a minha pelo menos tenha borda recheada."

"#ConselhosPraVida
Se tudo acabar em pizza, que a minha pelo menos tenha borda de catupiry."